O que é save the date, para que serve e como fazer

O que é save the date, para que serve e como fazer

Se vocês já escolheram a data do casamento e têm ideia dos amigos e dos familiares que serão convidados para o dia especial, a próxima etapa é compartilhar com eles essa notícia por meio de um save the date. O objetivo é que, assim, todos tenham tempo suficiente de se programarem para o evento.

O save the date é uma espécie de pré-convite. Embora não seja um item obrigatório, é recomendável que ele exista e seja enviado com antecedência para que as pessoas já reservem a data, mesmo que ainda não esteja definido o local onde o casamento vai acontecer.

O foco do save the date é o dia, então ainda não é necessário informar o local exato do casamento.
O foco do save the date é o dia, então ainda não é necessário informar o local exato do casamento. (Fonte: Pexels)

Cada um de nós tem diferentes rotinas, compromissos e planejamentos, não é mesmo? Então, enviar um save the date é uma forma de demonstrar aos convidados o quanto vocês valorizam a presença deles e querem compartilhar esse momento tão especial.

Veja outros motivos pelos quais você deve fazer o Save the date, de acordo com as meninas da Boutique de 3, uma das maiores assessorias de eventos do Brasil.

Como fazer o save the date?

Existem diversos tipos e formatos de save the date: dos mais simples aos mais elaborados, o que também significa uma variação de custos. Segundo a wedding planner Elisa Tavares, de qual for a escolha final, é bem importante caprichar na identidade visual, pois isso cativa quem recebe o conteúdo.

O primeiro passo para fazer um save the date é decidir se vocês preferem modelos impressos ou virtuais. Uma das grandes vantagens de optar pelo envio online é a conveniência, já que não é preciso depender de gráfica, o que reduz tanto o investimento quanto o tempo envolvido no processo. 

Em seguida, vem a etapa de personalizar o save the date, considerando aspectos como as cores, as fontes, a temática e os nomes de quem está convidando (se são os próprios noivos, os pais dos noivos etc.). 

Além disso, vale incluir fotos de momentos a dois ou com bichos de estimação e até mesmo gravar um vídeo. Basicamente, a recomendação é usar a imaginação e encontrar algo que combine com o estilo de vocês e ao menos um pouco do que se planeja para a celebração. 

Quando enviar o save the date?

Como o save the date precede o convite formal e é enviado com mais antecedência, é importante ter cautela ao selecionar as pessoas que vão recebê-lo. Essa dica é especialmente relevante quando a lista de convidados ainda não está bem definida, pois assim vocês evitam eventuais mal-entendidos.

Quando se trata de um casamento na mesma cidade onde vivem a maioria dos convidados, o save the date pode ser enviado com cerca de 6 meses de antecedência. Por outro lado, é melhor aumentar esse tempo para pelo menos 10 meses se a celebração for realizada em estilo de destination wedding ou se muitos dos convidados morarem em outras localidades. 

Enviando um save the date, vocês ajudam os convidados a se organizarem. (Fonte: Shutterstock)
Enviando um save the date, vocês ajudam os convidados a se organizarem. (Fonte: Shutterstock)

Assim, ao enviar o save the date, as pessoas dispõem de mais tranquilidade para negociar folgas ou férias no trabalho, reservar passagens e hotéis, providenciar trajes apropriados, entre outros detalhes necessários para comparecer ao evento e curtir esse dia inesquecível com vocês. 

Veja também:

5 dicas para escrever o convite de casamento perfeito

Fontes: Brides, The Knot, Joliz.

Posts relacionados

Joliz © 2021 - Todos os direitos reservados