Como escolher os padrinhos de casamento

Como escolher os padrinhos de casamento

Poucas decisões em um casamento são tão complicadas quanto escolher quem serão os padrinhos e as madrinhas na cerimônia. Quem chamar? Quantas pessoas são consideradas aceitáveis? 

São tantas perguntas que é muito fácil vocês acabarem se sentindo perdidos, porém não há motivos para se preocupar. Com o auxílio das dicas a seguir, vocês terão o máximo de informação em mãos para fazer a melhor escolha de padrinhos e de madrinhas para o casamento.

1. Tomem cuidado com a quantidade de padrinhos de casamento

Apesar de ser opcional, não exagerem no número de padrinhos e de madrinhas. (Fonte: Shutterstock)
Apesar de ser opcional, não exagerem no número de padrinhos e de madrinhas. (Fonte: Shutterstock)

A quantidade de padrinhos e de madrinhas para o casamento é uma questão de mera formalidade. No cartório, são necessárias apenas duas pessoas brasileiras maiores de idade para oficializar o matrimônio, mas na hora das festividades o número vira uma questão de opção do casal.

É bom ter em mente que não faz muito sentido convidar 20 pessoas para serem madrinhas e padrinhos em um casamento com 100 convidados, certo? Na visão do cerimonialista Roberto Cohen, esse número não deve extrapolar a marca de 5% do número total de pessoas chamadas para o evento.

“Se você tem um casamento para 100 pessoas, então é bom ter no máximo 2 casais de cada lado. Já em um casamento para 200 pessoas, 5 casais de cada lado é um número ok”, argumenta.

2. Chamem para ser padrinho pessoas próximas do casal

Escolham pessoas que foram importantes na vida do casal. (Fonte: Shutterstock)
Escolham pessoas que foram importantes na vida do casal. (Fonte: Shutterstock)

Agora que vocês têm uma ideia de quantos casais farão parte da festividade, chega a hora de planejar quem serão os escolhidos. O que vale é apelar para os sentimentos e as memórias afetivas no objetivo de perceber quem deve ficar com a vaga.

Amigos de infância, irmãos, quem apresentou o casal; o importante é que essa pessoa seja especial para os noivos, sinta-se confortável para participar da cerimônia e tenha tempo disponível para algumas das responsabilidades de ser padrinho ou madrinha.

3. Não se preocupem em separar casais

Ter um diálogo aberto com os padrinhos é a melhor opção.
Ter um diálogo aberto com os padrinhos é a melhor opção. (Fonte: Twenty20)

Vocês decidiram chamar um amigo ou uma amiga de longa data para ser padrinho ou madrinha, mas no momento essa pessoa está em um relacionamento com alguém com quem vocês não têm muita intimidade. Esse companheiro também precisa ser convidado para participar?

Para Cohen, tudo é questão de diálogo entre noivos e convidado: “Se não ficar claro na hora do convite, pode dar problema mais para frente. Você não sabe se o cônjuge é ciumento ou não e se aceita ‘emprestar’ o parceiro para outra pessoa”. Dessa forma, uma conversa informal na hora do convite acaba sendo a melhor saída para explicar a situação e poupar uma enorme dor de cabeça no futuro.

4. Sejam honestos e entrem em acordo

As emoções do parceiro devem ser levadas em consideração na escolha de padrinhos e de madrinhas. (Fonte: Shutterstock)
As emoções do parceiro devem ser levadas em consideração na escolha de padrinhos e de madrinhas. (Fonte: Shutterstock)

Assim como no futuro da vida em conjunto, esse momento precisa ser discutido com muito carinho e compreensão, então estejam preparados para ouvir o parceiro e entender a importância daquele convidado para ele.

Façam um esforço para que ambos estejam felizes com a decisão e que consigam encaixar todas as pessoas consideradas relevantes e essenciais para assumir o cargo de padrinho ou de madrinha. No fim das contas, isso só vai somar ao futuro que vocês construirão juntos.

5. Escolham pessoas com um perfil adequado para serem padrinhos de casamento

O padrinho ideal é aquele que ama vocês para valer. (Fonte: Shutterstock)
O padrinho ideal é aquele que ama vocês para valer. (Fonte: Shutterstock)

A participação de um padrinho ou de uma madrinha em um casamento pode parecer algo estritamente simbólico, mas existem diversas responsabilidades que acompanham o rótulo. Portanto, saiba explicar para seus convidados quais funções eles desempenham ao aceitar o convite.

Madrinhas e padrinhos, além de serem importantes pilares na relação de um casal, são responsáveis por ajudar nos preparativos da cerimônia e podem auxiliar na organização de eventos pré-casamento ou participando ativamente de boa parte do processo. 

Então, certifiquem-se de que seus escolhidos terão disponibilidade para tal missão.

Veja também:

Ideias de convites incríveis para padrinhos de casamento

Fonte: Joliz.

Posts relacionados

Joliz © 2021 - Todos os direitos reservados